• Bewell Portugal

Saúde mental - 5 Razões para apostar num programa de bem estar emocional na sua empresa.

Porque será que a saúde emocional não é uma prioridade para o bem-estar geral dos colaboradores?


Comer melhor, fazer exercício, dormir mais ... cuidar do nosso físico é algo que já entendemos e procuramos melhorar (mesmo que seja mais fácil falar do que fazer).


Obter uma boa saúde emocional pode ser um pouco mais complicado, mas fazê-lo é tão importante quanto alcançar uma boa saúde física.

Não obstante, o bem-estar emocional cair muitas vezes para segundo plano, principalmente no local de trabalho.



É que ainda por cima, o stress gerado pelo trabalho é muitas das vezes uma das maiores causas de mau-estar emocional para as pessoas!


As empresas que ignoram a saúde emocional fazem mais do que colocar em risco o bem-estar mental de seus colaboradores.

Se tiver colaboradores stressados e infelizes a espalharem negatividade por toda a organização, as empresas podem alinhar com este estado mental, colocando em última instância, o seu negócio em “depressão”.

Vamos explorar cinco formas pelas quais o bem-estar emocional pode ajudar os colaboradores a prosperar no local de trabalho:


RESILIÊNCIA


Às vezes, as coisas não saem da maneira como as pessoas esperam, e não é incomum considerar este “desvio” como uma falha pessoal. Quando isto acontece no local de trabalho, é essencial que os colaboradores tenham as habilidades necessárias para gerir/lidar com o erro, aprender com a experiência e seguir em frente.


E se eles não tiverem essas habilidades? Se não conseguirem sentirão desamparo e frustração, principalmente se se tiverem empenhado a 120%! Estes sentimentos podem levar a uma atitude derrotista que muitas vezes condiciona o desempenho no futuro.


  • Como é que a implementação de um programa de bem-estar para os seus colaboradores pode ajudar?


A resiliência emocional, ou a capacidade de acalmar a mente após uma experiência negativa, é um fator importante na saúde emocional e na satisfação no trabalho.

Um programa de wellness empresarial que ajude a desenvolver resiliência emocional "equipará" os colaboradores para lidar com desapontamentos, fracassos ou crises, aprender com ele e continuar com positivismo.


Esta habilidade não é apenas valiosa no local de trabalho, mas também ajuda as pessoas a lidar com crises e desafios pessoais. ( veja aqui a nossa solução de resiliência e otimismo)



SOLUÇÃO DE PROBLEMAS


Quem não acordou de manhã depois de uma boa noite de sono com a solução perfeita para um problema com o qual se esteve a debater toda a semana?


Feita com regularidade e propósito, uma pausa permite que os colaboradores relaxem e descansem o cérebro, o que dá ao subconsciente o distanciamento e a oportunidade de ver soluções criativas e avaliar objetivamente a tarefa em questão.


Se este espaço - para respirar, parar, concentrar - não existir, os problemas podem aparecer… Quanto mais os colaboradores ruminam numa tarefa, mais seu desempenho e resultados podem piorar.


Este estado não é apenas improdutivo, mas também pode causar danos à saúde emocional das pessoas, levando potencialmente a insónias, ataques de pânico e até depressões.


  • Como é que a implementação de um programa de bem-estar para os seus colaboradores pode ajudar?


Um programa de bem-estar pode fornecer estratégias para interromper o ciclo de pensamentos negativos e obsessivos .


Um método eficaz é a distração / foco variado: quando os pensamentos negativos assumem o controle, faça com que os colaboradores se envolvam em uma nova tarefa que requer concentração completa.


Essa poderia ser uma tarefa de trabalho completamente não relacionada, ou um simples truque de redefinição do cérebro, como dizer o ABC de trás para a frente; fazer o body-scanning...

Simplesmente redirecionar o foco por apenas dois a três minutos pode ser suficiente para desanuviar a psique, para que a criatividade e a capacidade de resolver problemas possam ser retomadas. ( saiba mais sobre as nossas soluções de treino de foco com Mindfulness aqui )




SENTIDO DE AUTO-CONFIANÇA


Sabia que o nosso cérebro reconhece rejeições e falhas da mesma maneira que reconhece a dor física? Embora muitas pessoas saibam cuidar de si quando estão fisicamente doentes, nem sempre quando se sentem com baixa auto-estima dedicam o mesmo foco e energia de auto-cuidado.


De fato, à medida que a auto-estima diminui, tendemos a ser ainda mais difíceis para nós mesmos, criando um ciclo vicioso que nos torna ainda mais vulneráveis ao stress, ansiedade e depressão.


  • Como é que a implementação de um programa de bem-estar para os seus colaboradores pode ajudar?


Quando as pessoas experimentam baixa auto-estima, elas tornam-se mais vulneráveis a sentimentos de stress, rejeição e insucesso.


Os indivíduos emocionalmente saudáveis, no entanto, sabem ser gentis e tolerante na maneira como se vêem. Ensinar auto-compaixão e dar aos colaboradores as ferramentas para ajudar a recuperar sua auto-estima e auto confiança pode proporcionar um grande impulso à sua saúde emocional, o que, por sua vez, os torna mais produtivos.


Um exercício útil é fazer com que listem no papel as qualidades positivas que sabem que possuem. Às vezes, apenas o simples ato de ver essas palavras positivas escritas pode melhorar o bem-estar emocional.


GESTÃO DE STRESS NO TRABALHO


Mesmo nos locais de trabalho mais positivos, uma certa quantidade de stress é inevitável e de certa maneira, positiva. O difícil é manter um equilíbrio saudável.



Não aprendendo a gerir o stress os colaboradores podem sentir-se oprimidos, pouco produtivos e ansiosos. Quando não tratado, esse stress no local de trabalho pode levar rapidamente ao esgotamento e criar problemas de saúde individuais e até coletivos.



Um colaborador pode até adorar a sua empresa e a sua função mas mesmo a pessoa mais motivada pode, com alguns fatores desregulados como sejam longas horas de trabalho, turnos mal programados, “crises” constantes…desmotivar e “cair”.


As empresas podem até orgulhar-se de terem um ambiente intenso , mas têm de perceber que o excesso de trabalho tende a trazer retornos rapidamente decrescentes na produtividade real.



  • Como é que a implementação de um programa de bem-estar para os seus colaboradores pode ajudar?



Os programas corporativos de saúde e bem-estar devem ensinar formas eficazes de lidar com o stress diário, por exemplo, fazendo intervalos regulares, meditando pela manhã ou no final do dia ou praticando uma rotina diária de alongamentos.


Qualquer uma dessas estratégias pode ajudar os colaboradores a manterem um equilíbrio entre vida profissional e pessoal, reduzir pensamentos negativos e acalmar as ansiedades.


A empresas devem acompanhar este exercício e caminhar lado a lado com estas rotinas, implementando horários e cargas de trabalho humanizadas, para que seu pessoal possa recarregar as baterias e voltar ao trabalho “fresco” e focado.( Ver soluções de Gestão de Stress aqui )


SUPORTE NO LOCAL DE TRABALHO


Colaboradores que vestem a camisola e que são bem-sucedidos querem sentir-se apoiados e valorizados, inclusive nas suas "falhas emocionais".


Saiba porém que a saúde emocional pode ser um tópico sensível. Os colaboradores podem relutar em compartilhar as suas lutas, pois podem estar preocupados com a sua imagem perto dos supervisores no sentido que os possam considerar fracos, instáveis ou incapazes.



Se esta situação não for bem encaminhada, pode acontecer um “desligar” por parte do colaborador onde é habitual que este tente fazer o mínimo necessário e tente interagir o mínimo possível com os colegas e chefias.


Nestas circunstâncias, o que pode parece ser uma questão de desempenho pode na realidade ser uma crise de saúde emocional disfarçada.


  • Como é que a implementação de um programa de bem-estar para os seus colaboradores pode ajudar?


As lideranças devem promover uma cultura que incentive a abertura e a aceitação. Os colaboradores que se sentirem seguros e apoiados estarão mais engajados e mais propensos a procurar o apoio de que precisam.


As empresas também podem acrescentar check up´s de saúde emocional ao seu programa de bem-estar. Para os colaboradores preocupados com a privacidade, deve ser garantida a privacidade dos dados cuja finalidade é ajudar e não rotular qualquer tipo de desconforto.


Se Incorporar o bem-estar emocional ao seu programa de bem-estar lembre-se:


As suas pessoas precisam de ouvir uma mensagem clara e consistente de que se preocupa com a saúde emocional deles.

As boas notícias? Muitas empresas já começaram a tratar da saúde mental por meio de programas de apoio psicológico presencial ou online, formações em Resiliência ou Gestão de Stress , Mindfulness, horários flexíveis de trabalho, intervalos de trabalho e muito mais; agora é só manter consistência e inovação.

Na Bewell Portugal , entendemos que a saúde emocional é uma componente importantíssima para que a sua empresa desafie todos os obstáculos e os vença!


Da nossa parte aceitamos o desafio de o ajudar.






110 visualizações
Topo

Contactos

Rua Mário Moreira nº 3 
C, Colinas do Cruzeiro, Odivelas, Portugal

Móv  (+351)  914 64 77 90

virnamartins@bewell.pt

SOCIALIZE Conosco

  • LinkedIn Bewell
  • Facebook Bewell