• Bewell Portugal

Precisamos de todas as dimensões da saúde!

Na dinâmica corporativa sempre exigimos de todos e de cada um o altamente: “Altamente” produtivo, “altamente” versátil, “altamente” compreensivo, “altamente” adaptável, chefias “altamente”, resultados “altamente”; nesta equação algumas dimensões do ser humano eram também “altamente” esquecidas.



O último ano de uma forma pouco delicada veio-nos lembrar que para sermos e estarmos “altamente” precisamos mais do que uma cabeça cheia de conhecimento, de uma boa cadeira ergonómica, de grandes ideias de inovação ou ressurreição de projetos, ou de uma secretária ajustável. Precisamos de todas as dimensões da saúde!


A dimensão da saúde mental: a estabilidade que nos sustenta, a segurança que nos liberta ou a motivação que nos impulsiona são essenciais para o rendimento individual e das equipas e percebemos que esta andava “ em baixo de forma” e sem grandes atenções.

A mudança repentina das nossas rotinas, o isolamento, o medo e a insegurança

Wellbeing @ Work

causaram-nos instabilidade e alguns de nós sentimo-nos fragilizados. Algumas empresas perceberam – e felizmente abraçaram – o propósito de melhorar a saúde mental das pessoas, inestimável e impreterível.


Podemos sempre tentar olhar para o copo meio vazio e dizer que as pessoas já sentiam insegurança, instabilidade, desmotivação e que nesse sentido não houve novidades.


Preferimos focar-nos no copo meio cheio e ver que seja qual for o ponto de partida, o mundo em larga escala percebeu que podemos ficar menos aptos se enfrentarmos climas de terror, medo, isolamento ou instabilidade e se isso nos fez algumas empresas “arregaçar as mangas”: fantástico.


E como trabalhámos com algumas empresas: Partilhámos, discutimos e consultámos especialistas sobre a depressão, a resiliência, a felicidade, o burnout, a gestão do novo tempo…; trabalhámos em workshops sobre as emoções; compreendemos como transformar a vulnerabilidade numa força; redescobrimos o nosso propósito de vida e como ele nos pode orientar em momentos perturbadores… encarámos dificuldades, percebemos espaço para crescer, humanizámo-nos ! Houve consultas individuais, sessões de grupo, dicas, artigos, challenges: formas diferentes com a mesma mensagem: estamos aqui para cuidar de si!


Mas é preciso mais: mais empresas, mais ações, mais acreditar!


É imperativo que as empresas aflorem a temática da saúde mental, principalmente numa perspetiva otimista, educativa e abrangente.

Num espetro que vai desde o diagnóstico, a educação e partilha ou a abordagem mais interventiva/médica, os programas de Wellness Corporativo adaptam-se a cada empresa, de todas as dimensões.


A Bewell está presente em 5 países do Mundo na área do Wellness Corporativo atuando nos vários pilares da saúde. Neste espetro descobrimos que qualquer negócio é um negócio de e sobre pessoas: pessoas com forças e vulnerabilidades, medos e expectativas, objetivos, sonhos.


As empresas resilientes conhecem e aceitam esta realidade, comprometem-se e investem com otimismo nas pessoas.


Na Bewell comprometemo-nos a apoiar este propósito, e a sua empresa?